APLB

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Imagens – Semana Nacional do Trânsito

No Centro de Ilhéus, as atividades da Semana Nacional do Trânsito estão concentradas em um estande com exposição de equipamentos, palestras e simulações. Até sexta-feira, o 5º Grupamento de Bombeiros Militares (GBM), está ativo nas ações de conscientização da população para a segurança no trânsito, evitando acidentes que podem tirar vidas.
Em Itabuna, uma Blitz Educativa da Companhia Independente de Polícia Rodoviária de Itabuna (CIPRV), na Avenida J. S. Pinheiro, abriu a Semana Nacional do Trânsito com o tema: #MinhaEscolhaFazADiferença. O objetivo é educar através do lúdico e conscientizar o cidadão de sua responsabilidade para um trânsito mais seguro.



segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Alunos da Escola Pinóquio tiveram palestra sobre trânsito e cidadania


Os alunos da Escola Municipal Pinóquio, no Malhado, em Ilhéus, tiveram palestra sobre Trânsito e Cidadania, em atividade realizada pela Polícia Militar. Foi assim, também, a passagem da equipe de prevenção da Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), na Escola Municipal Gisélia Soares, na Barreira, no dia 11/09.  As ações integram o calendário do projeto “Ilhéus sem violência é bem melhor”, que acontece nos meses de setembro e outubro, com encerramento previsto na Semana da Segurança entre os dias 4 e 21 de outubro. Este ano, o projeto traz o tema “Paz no trânsito: educando para uma cidade mais segura”.




Audiência Pública sobre regulamentação de motoboys e mototaxistas

A regulamentação dos serviços de motoboys e moto táxis de Ilhéus será discutida em Audiência Pública no dia 21/09, às 8h, no auditório da Justiça Federal, na Av. Almirante Aurelino Linhares, Centro. A ação integra o calendário de atividades da quarta edição do projeto “Ilhéus sem violência é bem melhor” que, este ano, traz o tema “Paz no trânsito: educando para uma cidade mais segura”.

Além da APPI, o projeto tem a participação das unidades operacionais da 68ª, 69ª e 70ª Companhias Independentes de Polícia Militar (CIPM), 2ª Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação (BEIC), 5º Grupamento de Bombeiros Militares (GBM), Superintendência de Transporte e Trânsito (Sutran), Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e Esquadrão de Polícia Montada, Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Cacaueira), 2º Companhia Independente de Polícia Rodoviária (CIPRV), Marinha, Polícia Civil, Defensoria Pública Estadual, Guarda Civil Municipal, Colégio da Polícia Militar e Secretaria de Educação de Ilhéus (SEDUC).

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

I ENEGRU - Encontro de Negras e Negros da UESC


No dia 26 de setembro o Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) realizará o I ENEGRU – Encontro de Negras e Negros da UESC, tendo como tema ‘Interseccionalidades: Vidas negras importam!’.

A interseccionalidade, termo cunhado por feministas negras, é definido como “formas de capturar as consequências da interação entre duas ou mais formas de subordinação” (CRENSHAW, 2002). A implicação de diferentes tipos de dominação ou opressão em um indivíduo faz com que cada experiência de vida seja única, de forma que não se pode pensar em combater um único eixo de subordinação a fim de superar a situação em que este se encontra. A interseccionalidade surge como um caminho para pensar a alteridade e a invisibilidade que, por vezes, o debate centrado em apenas em um eixo pode trazer.

As mesas principais do encontro serão realizadas no auditório de Direito e as salas dos grupos de discussão serão informadas por e-mail aos participantes e na página do DCE no Facebook (facebook/dceuesc).

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site da UESC e no link: https://goo.gl/forms/nmcNsIOu8krn0mGN2


terça-feira, 12 de setembro de 2017

Coletiva de imprensa mostrou importância da união para combater violência



Uma manhã de confraternização, entre diversos segmentos da sociedade, e de exposição de ações para o combate à violência. Assim foi a entrevista coletiva promovida pela Associação dos Professores Profissionais de Ilhéus (APPI/APLB) e entidades parceiras nesta terça-feira (12),na sede do sindicato, no Bairro Malhado.

No encontro foi apresentada a quarta edição do projeto “Ilhéus sem violência é bem melhor” que, este ano, traz o tema “Paz no trânsito: educando para uma cidade mais segura”. O objetivo é promover ações efetivas de educação e conscientização para a valorização da vida e combate à violência no trânsito. O projeto acontece nos meses de setembro e outubro, com encerramento previsto na Semana da Segurança entre os dias 4 e 21 de outubro.


Logo na abertura do evento o presidente da APPI, Osman Nogueira, e a secretária intermunicipal, Enilda Mendonça, agradeceram a presença dos jornalistas e, antes de iniciar a sessão de perguntas, abriram espaço para que parceiros pudessem justificar a importância do projeto e convidar a todos para somar esforços.


“No ano passado tivemos a adesão de sete instituições militares e civis. Este ano já são 18 entidades. Ninguém é uma ilha, ou a gente debate e combate, juntos, o problema, ou tudo tende a piorar”, afirma a secretária intermunicipal da APPI, Enilda Mendonça.


Parceiros
Além da APPI, o projeto tem a participação das unidades operacionais da 68ª, 69ª e 70ª Companhias Independentes de Polícia Militar (CIPM), 2ª Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação (BEIC), 5º Grupamento de Bombeiros Militares (GBM), Superintendência de Transporte e Trânsito (Sutran), Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e Esquadrão de Polícia Montada, Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Cacaueira), 2º Companhia Independente de Polícia Rodoviária (CIPRV), Marinha, Polícia Civil, Defensoria Pública Estadual, Guarda Civil Municipal, Colégio da Polícia Militar e Secretaria de Educação de Ilhéus (SEDUC).


Atividades
- Concurso de redação e boas práticas e desenho
- Mutirões de assessoria jurídica nas escolas, pela Defensoria Pública Estadual
- Audiência pública com motoboys e ciclistas
- Pequenos seminários em escolas do Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos (EJA) sobre temas transversais
- Palestras em escolas de educação Infantil e Fundamental I, abordando o tema através de teatro e música (Guarda Civil Municipal)
- Exposição e minicidade - 2º Companhia Independente de Polícia Rodoviária (CIPRV)
- Exposição da unidade do esquadrão de Polícia Montada

Resultados esperados
Como ações concretas derivadas do projeto, seus idealizadores e executores esperam construir um diálogo interativo com o Governo Municipal para aprovação de projetos de lei que auxiliem na diminuição da violência no trânsito, como a regulamentação dos serviços de motoboys e mototaxistas e a adoção, por empresas, de faixas e travessias elevadas para pedestres, além da implantação de ciclovias e ciclofaixas.


Polícia Militar leva noções de Trânsito e Cidadania a alunos da escola Gisélia Soares



Um dia inteiro dedicado à informação e formação de crianças e jovens, de 4 a 14 anos, para importantes noções de Trânsito e Cidadania, além do combate à violência e às drogas. Foi assim a passagem da equipe de prevenção da 69ª. Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), ontem (11), na Escola Municipal Gisélia Soares, na Barreira. Com didática e alegria, a Subtenente Jaiane e a Cabo Carla interagiram com os jovens em palestras com cerca de 200 alunos da Educação Infantil e séries iniciais.



Atividades como a realizada na escola municipal integram o calendário do projeto “Ilhéus sem violência é bem melhor”, que acontece nos meses de setembro e outubro, com encerramento previsto na Semana da Segurança entre os dias 4 e 21 de outubro.



Diretores de escolas conhecem projeto “Ilhéus sem violência é bem melhor”



Gestores de escolas municipais, estaduais e da rede privada participaram, na sede da APPI/APLB, na tarde de segunda-feira (11), de uma reunião com diretores do sindicato e representantes de entidades parceiras do projeto “Ilhéus sem violência é bem melhor”. Durante a apresentação do escopo do projeto, os diretores foram informados sobre o tema escolhido para este ano - “Paz no trânsito: educando para uma cidade mais segura” - além das ações efetivas de educação e conscientização que serão executadas para aprovação de projetos de lei que auxiliem na diminuição da violência no trânsito, como a regulamentação dos serviços de motoboys e mototaxistas e a adoção, por empresas, de faixas e travessias elevadas para pedestres.


Além da APPI, o projeto tem a participação das unidades operacionais da 68ª, 69ª e 70ª Companhias Independentes de Polícia Militar (CIPM), 2ª Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação (BEIC), 5º Grupamento de Bombeiros Militares (GBM), Superintendência de Transporte e Trânsito (Sutran), Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e Esquadrão de Polícia Montada, Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Cacaueira, 2º Companhia Independente de Polícia Rodoviária (CIPRV), Marinha, Polícia Civil, Defensoria Pública Estadual, Guarda Civil Municipal, Colégio da Polícia Militar e Secretaria de Educação de Ilhéus (SEDUC).

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Entrevista coletiva divulgará projeto “Ilhéus sem violência é bem melhor”

A Associação dos Professores Profissionais de Ilhéus (APPI/APLB) e entidades parceiras receberão jornalistas para uma entrevista coletiva, seguida de café da manhã, na próxima terça-feira (12), às 8h30, na sede do sindicato, no Bairro Malhado. Em pauta, a apresentação do projeto “Ilhéus sem violência é bem melhor”. Em sua quarta edição, o projeto traz o tema “Paz no trânsito: educando para uma cidade mais segura”. O objetivo é promover ações efetivas de educação, conscientização para a valorização da vida e combate à violência no trânsito.

“A união dos órgãos de segurança com a Educação, na luta contra a violência dentro e fora das escolas, nos dá a certeza de que somente juntos poderemos construir uma cidade mais segura para todos e uma rede de proteção para nossas crianças e jovens”, afirma a secretária intermunicipal da APPI, Enilda Mendonça.

Parceiros - Além da APPI, o projeto tem a participação das unidades operacionais da 68ª, 69ª e 70ª Companhias Independentes de Polícia Militar (CIPM), 2ª Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação (BEIC), 5º Grupamento de Bombeiros Militares (GBM), Superintendência de Transporte e Trânsito (Sutran), Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e Esquadrão de Polícia Montada, Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Cacaueira, 2º Companhia Independente de Polícia Rodoviária (CIPRV), Marinha, Polícia Civil, Defensoria Pública Estadual, Guarda Civil Municipal, Colégio da Polícia Militar e Secretaria de Educação de Ilhéus (SEDUC).

Ações concretas

Como ações concretas derivadas do projeto, seus idealizadores e executores esperam construir um diálogo interativo com o Governo Municipal para aprovação de projetos de lei que auxiliem na diminuição da violência no trânsito, como a regulamentação dos serviços de motoboys e mototaxistas e a adoção, por empresas, de faixas e travessias elevadas para pedestres, além da implantação de ciclovias e ciclofaixas. 

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Projeto “Ilhéus sem violência é bem melhor” será apresentado a diretores de escolas

A APPI/APLB e entidades parceiras realizarão na próxima segunda-feira (11), às 15h, na sede do sindicato, uma reunião com diretores de escolas das redes pública e privada de Ilhéus para apresentar o projeto “Ilhéus sem violência é bem melhor”. Este ano, o tema tratado é “Paz no trânsito: educando para uma cidade mais segura”.

O objetivo é promover ações efetivas de educação e conscientização para a valorização da vida. Como ação concreta, é esperado um diálogo interativo com o Governo Municipal para aprovação de projetos de lei que auxiliem na diminuição da violência no trânsito, como a regulamentação dos serviços de motoboys e mototaxistas e a adoção, por empresas, de faixas e travessias elevadas para pedestres.

Além da APPI, o projeto tem a participação das unidades operacionais da 68ª, 69ª e 70ª Companhias Independentes de Polícia Militar (CIPM), 2ª Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação (BEIC), 5º Grupamento de Bombeiros Militares (GBM), Superintendência de Transporte e Trânsito (Sutran), Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e Esquadrão de Polícia Montada, Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Cacaueira, 2º Companhia Independente de Polícia Rodoviária (CIPRV), Marinha, Polícia Civil, Defensoria Pública Estadual, Guarda Civil Municipal, Colégio da Polícia Militar e Secretaria de Educação de Ilhéus (SEDUC).